Eh!Filmes

#Fica a Dica! por Elisa Tolomelli | TOC TOC

Adaptação de uma peça teatral francesa de Laurent Baffie, a #dica de hoje é a primeira comédia que indico no #Fica a Dica! Porque rir faz bem à alma e estamos precisando, não é mesmo?

A minha #4ª dica é:

TOC TOC (Espanha, 2017) – Disponível na NETFLIX

Direção de Vicente Villanueva

Elenco: Rossy de Palma, Oscar Martínez, Paco Léon, Adrián Lastra, Alejandra Jiménez, Nuria Herrero e Inma Cuevas.

Sinopse: Na sala de espera do médico atrasado, pacientes com TOC precisam lidar com as manias estranhas de cada um.

TOC TOC é um bom exemplo de como a comédia pode tratar de assuntos delicados de forma respeitosa, sem ofender e sem deixar de ser engraçada.

No longa, seis personagens – cada um com transtorno mental diferente (obsessivos compulsivos em sua maioria) – aguardam uma consulta psiquiátrica marcada no mesmo horário, o que gera uma enorme confusão na sala de espera. Para completar, o vôo do médico está atrasado e a previsão de chegada aumenta a cada vez que se pergunta por ele. Para se distraírem, os pacientes decidem fazer uma terapia em grupo nada convencional.

A ambientação do filme é praticamente inteira nesta sala de espera, exceto pela apresentação dos personagens e flashbacks.  É, portanto, um filme de poucos cenários, de forma que o esforço de produção esteja na interpretação – com um elenco de ponta afiadíssimo -, na montagem e, obviamente, no roteiro, que é a estrela do projeto.

A peça TOC TOC foi um estrondoso sucesso, e o perigo desta adaptação é a obra se tornar um espetáculo filmado – o que acontece frequentemente. O produtor que recebe um roteiro excepcional como este, tem que saber exatamente onde investir. A estrutura da produção é simples, o que importa verdadeiramente é a boa execução do roteiro.

E, para isso, a montagem deve ter uma precisão cirúrgica, de forma a implementar um ritmo dinâmico e acertar no timing da comédia. O elenco, por sua vez, não pode repetir a linguagem teatral. As expressões e gestual são os principais recursos do formato audiovisual, mas quando exagerados tornam a comédia estereotipada e cansativas (para não dizer sem graça).

 

 

A preparação de elenco deve ser muito valorizada em obras com esta característica, para que as atuações não apenas consigam reproduzir a genialidade do roteiro, mas para prender a atenção do espectador, que pode ficar entediado com a limitação de cenário.

Outro investimento importante está na fotografia. Em TOC TOC, as cores saturadas e vibrantes trazem alegria ao ambiente clínico, fugindo da hostilidade em que comumente é retratado, possibilitando o bem-estar necessário para o engajamento do espectador no humor proposto.

Com um desfecho inesperado, o filme espanhol acerta em cheio ao propor uma comédia inteligente e empática, que faz o espectador se identificar, torcer pelos personagens e rir do início ao fim.

 

Gostou do conteúdo?

Quer saber mais sobre Produção Audiovisual?

Conheça o meu canal no YouTube – tem vídeo novo toda 5ª feira!

Me siga nas redes sociais: Instagram Facebook

Para mais #fica a dica, fique ligado aqui no blog!

 

 

Download Nulled WordPress Themes
Premium WordPress Themes Download
Download Nulled WordPress Themes
Free Download WordPress Themes
ZG93bmxvYWQgbHluZGEgY291cnNlIGZyZWU=
download huawei firmware
Premium WordPress Themes Download
free online course